Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese



Simbolo do Partido Anarquista Internacional

Em nome do PAI em todo o Mundo, fazemos do Poder das Ruas versus o Poder das Urnas, a construção do Poder Popular versus o Poder Burguês.


Principios
Principios

Principios Anarquistas

 

Anti Autoritarismo versus o Autoritarismo

O Anarquismo se reconhece como um grupo Anti Autoritario e desta forma reconhece todo Anti Autoritarismo Historico como referencias para o Anarquismo.

Deis as das Lutas mais antigas até hoje as lutas mais recentes contra toda forma de Autioritarimos.

O Autoritarismo se manifesta em relação de obrigações ao outro, de subjulgação, de desrespeito, de dominação, de exploração, de opressão, seja este a natureza, aos animais ou outro humano.

A Autoritarismo de "Genero Feminista" renega até muitos que assim se decretaram anarquistas, pois eram machistas do sanguê até as suas unhas.

 

Da Ação Direta a Ação Anti Facismo

O Anti Autoritarismo desta forma ficou conhecido por Anarquismo e o Autoritarismo por Fascismo, a partir do momento que estes fizeram as suas opções e se definiram, e ainda quando editaram seus programas e em seguida se definiram-se nas suas ações.

O problema do Anarquismo e do Fascismo é o fato dos mesmos nascerem de dentro da "Internacional Negra", e desta forma serem praticamente irmãos. Esta origem identica tem na concepção o combate ao opressor; porem os Anarquistas entenderam que o opressor é o Estado, suas instituições e sua cultura social. Já os Fascistas comprenderam que a opresão parte de individuos especificos exteriores a sua natureza, como as raças diferentes e as minorias.

O Anarquismo dentro desta concepção vai contra as Nações e os Fascistas a favor das Nações. O Anarquismo vai a favor da defesa da vida e os Fascistas a favor da morte dos diferentes. O Anarquismo admite o uso de armas em ultimo caso e na mão do povo e não na mão dos exercitos e o Fascismo defende a militarização do seu povo e do seu Estado contra as minorias. O Anarquismo defende o fim do Estado com a horizontalidade politica do poder do povo e o Fascismo defende a Ditadura Militar, militarizando toda a sociedade em um Estado Militar Forte.

Isto forçou os Anarquistas a uma Aliança com os Comunistas nascendo a 1º Internacional Socialista "Vermelha e Negra" para combaterem os Fascistas e fez com que os Fascistas fizessem uma escolha pela Burguêsia e uma Aliança entre esta e os Militares. A problematica da Aliança Anarquista com os Vermelhos gerou o Leninismo e o Bolchevismo e a Problematica da Aliança Fascista gerou o Populismo Nacionalista.

 

Resistências dos Povos versus os Imperios

A muito tempo tribos e povos resistem contra a ocupação, a violencia, a tomada de suas riquesas, ao estuplo, a escravidão realisada por potencias economicas estrangeiras e nacionais.

Os Gauleses foram tribos Anarquistas Celtas que resistiram fortemente contra Roma, sua historica resistência como seus cultos a deusa Ana da fertilidade os tornou referencia de tribos anarquistas para o mundo.

 

Origens Anarquistas

 

A primeira Internacional Negra

A Internacional Negra ou ainda o Estado Negro, remete a era Gotica, anterior ao Socialismo Vermelho.

A Internacional do Estado Gotico não reconhecia nenhuma nação ou territorio como demarcação. Sua pratica comunal coletivista fez com que esta ficasse conhecida também por "Comunismo Negro". A base do estado era o campones e o unico govermo o REI, porem a perseguição aos semitas, levou o comunismo negro a se constituir também em exercitos.

O Estado Negro Gotico cresceu rapido, logo tinham exercitos negros e uma marinha negra que ficaria conhecida como "Pirata", já que sua Bandeira Negra não aceitava ou reconhecia as nações como reinos. Porem sua existencia foi curta e os sobreviventes absorvidos pelas novas nações.

 

A Aliança Vermelha e Negra

O Principe Pietro Kropotikin e o Aristocrata Michael Bakunin, ambos membros do Estado Negro Russo, fizeram uma aliança com os vermelhos camponeses dando origem ao nascimento da ordem vermelha e negra. Os dois vieram a coletivizar suas terras para os componeses e morreram pobres ao lado dos mesmo camponeses.

Desta aliança nasceu a 1º internacional Socialista, qual a AIT ou ainda Associação internacional dos Trabalhadores, reclama-se a herdeira da 1º Internacional Socialista.

A Internacional Socialista estava praticamente influenciada pelos anarquistas, que implementaram um programa politico, onde as terras seriam coletivisadas, o poder politico também seria coletivisado em "conselhos populares" que na Russia se chamariam Sovietes e na Espanha seriam conhecidos por "Comites". Para avançar e formar uma estrutura para este novo Estado Anarquista, o "Federalismo Francês" da ordem negra foi usado e nasceram inumeras Federações e Confederações.

Na Russia este novo poder seria conhecido como Democracia Direta e na Espanha como Republica Sindicalista.

 

O Nascimento da Ordem Vermelha e Negra

Muitos anarquistas foram perseguidos tanto pela direita, tanto pela esquerda politica e se refugiaram muitos destes nas Igrejas Catolicas. Se tornando os novos Teologos da Revolução e os novos Teologos da Libertação. Estes se apoiaram nos escritos de Leon Tostoy e edificaram o que ficaria conhecido como Cristianismo Libertario.

O PAI se estrumentalisa desta vertente de Teologos Anarquistas para fazer valer os nomes da Ordem Negra, onde PAI é o Partido Anarquista Internacional, a MAE é o Movimento Anarquista da Educação, o FILHO é a Frente Internacional de Libertação da Humanidade Original, a FILHA é a Frente Internacional de Libertação da Humanidade Amazonica e a FAMILIA é a Frente Autonomista de MILItancia Anarquista.

 

A Teologia Revolucionaria Anti Clero

Os Teologos Anarquistas ficaram muito conhecidos por serem Anti Clericais, defendião que o reino de deus não estava junto ao clero e sim junto ao povo. Defenderam as comunas rurais como utopia anarquista ecologica. Participavam de Pastorais Catolicas e de quermeses comunitarias.

 

Antecedentes Anarquistas

 

King Edward Black e a Educação Anarquista

Edward Black foi um REI Ingles da Ordem Negra que mandou abrir os monasterios catolicos a população poder estudar, sua reforma de estado geraria uma guerra entre catolicos e protestantes, apos sua morte. Porem esta reforma gerou um lado positivo, gerando escolas e universidades por toda a Europa influenciada pela Inglaterra. Sua reforma foi alterada posteriormente com a criação do Estado Laico para evitar as guerras religiosas.

Este ato do Rei Edward Black apos sua morte, fez com que o seu clã de ação e seguidores batizassem a nova instituição com seu nome, qual ficaria conhecida por "Educação".

Os Anarquistas no mundo inteiro adotaram a Educação como sua estrategia revolucionaria, nascedo a Pedagogia Anarquista, a Pedagogia Libertaria, a Pedagogia do Oprimido, e assim a Educação Anarquista e a Educação Libertaria.

 

A Maçonaria Anarquista e os seus ilustres Quadros

Edward Black era um mestre da ordem negra, bem como Pietro Kropotikin e Michael Bakunin, ambos eram maçons anarquistas. Por tal motivo as materias de "Historia e Geografia" até hoje tem forte presença de anarquistas, bem como os simbolos anarquistas como o "A" de Anarquia, Anarquismo e Anarquista são influencias do simbolismo maçom do esquadro e compasso e do olho que tudo vê e tudo sabe.

 

A 1º Internacional Socialista e os Anarquistas

Os anarquistas contribuiram em todas as internacionais socialistas, porem cada uma destes teve problematicas centrais, na 1º os anarquistas foram maioria e geraram um amplo processo de poder popular, na 2º ganharam eleições tanto na espanha, na nicaragua, no brasil e no uruguai, na 3º fundaram partidos comunistas e divergiram contra o ponto programatico de ditadura do proletariado, na 4º participaram junto a tendencias trotkistas estudantis, na 5º foram ministros e tiveram cargos dentro do estado socialista, na 6º contribuiram, mais em seguida foram decapitados em praça publica, na 7º acreditaram no "Che" como possibilidade e apoiram as frentes e exercitos de libertação nacional, na 8º foram tratados como discidentes e se tornaram presos politicos, na 9º formaram um forte bloco interno só de anarquistas e na 10º apoiavaram timidamente os governos dos populistas socialistas.

 

Os Partidos Anarquistas e as Internacionais Socialistas

Os anarquistas se constituiram em partido na 1º internacional como os Bakuninistas e seu grupo Aliança da Democracia Socialista, na 2º Internacional os anarquistas ganharam até eleições como os Espanhois que fundaram o Partido Sindicalista de orientação anarquista, e em Mina Gerais / Brasil os Anarquistas fundaram a Liga Operaria, na 3º Internacional os Anarquistas fundaram na Italia e em Portugual o PASR (Patido Anarquista Socialista Revolucionario) no Brasil o Partido Comunista Libertario e na 4º Internacional os anarquistas fundaram no Brasil o Partido Anarco Comunista, na 5º Internacional fundaram enumeros Partido Comunistas Nacionais, na 6º Internacional fundaram o Partido Anarquista Chinez, na 7º Internacional não usaram mais o nome partido e passaram a adotar o termo coletivo, grupo, liga, frente e movimento anarquista, na 8º Internacional devido os inumeros prisioneiros politicos anarquistas, nasceu o grupo anarquista "Cruz Negra", na 9º Internacional Anonymous os anarquistas voltaram a usar o termo partido anarquista, nascendo pelo mundo inumeros partidos anarquistas, principalmente usando o termo organização no lugar de partido, porem agora em plena 10º Internacional nasceu o Partido Anarquista Internacional.